25 de out de 2016

Conheça 6 lugares que deixam o Triângulo das Bermudas no chinelo


Se você curte histórias polêmicas, com certeza já leu várias coisas sobre o Triângulo das Bermudas. O que pouca gente sabe é que ele não é nem de perto o maior caso de mistério que se tem registro. Essas histórias que vamos te contar aqui vão deixar o Triângulo das Bermudas no chinelo. Saca só:

1- As Montanhas da Superstição

Essas montanhas ficam no Arizona e despertam uma série de questionamentos e lendas. Tudo por causa de um cara chamado Jacob Walts, que descobriu por lá uma mina de ouro no século XIX. Até aí tudo bem, não fosse o fato de ele não ter contado para ninguém a localização dessas minas. Você já pode imaginar que centenas de pessoas tentaram achar todo o ouro, mas todas as expedições deram errado por algum motivo. Reza a lenda que quem tenta entrar no local se depara com os espíritos dos que morreram atrás do tesouro. O mais assustador de tudo é que os Apaches, índios americanos, acreditam que aquele lugar é a porta do inferno. Medo!

2- Lago Angikuni

Em 1930, um caçador experiente chegou até o vilarejo do Lago Angikuni, no Canadá, para passar a noite e não encontrou ninguém por lá. Porém, ele já havia se hospedado nesse mesmo local diversas vezes e sempre foi recebido por pessoas da região. Nessa última vez que pintou no local, encontrou tudo nos devidos lugares (roupas, alimentos, móveis e até armas), mas nenhuma alma viva. Preocupado, saiu pelo vilarejo para ver se algo havia acontecido e encontrou sete cachorros puxadores de trenó mortos por desnutrição e uma cova do cemitério aberta e vazia.

Até hoje ninguém consegue explicar o que aconteceu nessa vila do Canadá, mas algum citam extraterrestres, vampiros e criaturas do além. Vai saber, né?!

3- Triângulo do Lago Michigan

Assim como o nosso queridinho Triângulo das Bermudas, esse lago que fica nos Estados Unidos também gosta de sumir com aviões e pessoas. Uma dessas situações aconteceu em 1937, no navio do Capitão George Donner, que estava indo da Pensilvânia para Wisconsin. O tal Triângulo do Lago Michigan ficava no meio do caminho, portando a embarcação passou por lá. Durante a viagem o capitão precisou descansar, e pediu para que o chamassem quando estivessem chegando ao destino. Como combinado, um dos seus funcionários foi até o quarto para acorda-lo, mas… Donner não estava mais por lá. As buscas foram intensas, mas ninguém nunca soube o seu paradeiro.

4- Triângulo de Bennington

Para continuar na onda dos triângulos, aqui vai a história do de Bennington. Na década de 50, os Estados Unidos foram palco de vários sumiços na região de Vermont. Uma das histórias que ficaram famosas foi a de Frieda Langer. Ela e a prima estavam andando próximo de um carro quando Frieda sem querer caiu. Incomodada com a roupa suja, decidiu voltar para casa e se trocar. O final da história você já deve supor: ela sumiu. Seu corpo acabou sendo encontrado muitos meses depois, mais por estar completamente destruído, a causa do falecimento nunca foi descoberto.

5- Anomalia do Atlântico Sul

Este lugar é mais curioso que sinistro e, em vez de estar localizado na superfície da Terra, se encontra sobre uma área próxima à costa brasileira. A Anomalia do Atlântico Sul é uma região na qual o cinturão de Van Allen — sistema de anéis de radiação — tem sua máxima aproximação com a superfície do planeta.

O interessante é que, graças à alta concentração de partículas que existe ali, satélites, espaçonaves e outros equipamentos costumam apresentar uma variedade de problemas quando sobrevoam essa área. Tanto que o pessoal da Estação Espacial Internacional evita sair ao espaço para fazer reparos quando estão passando sobre a Anomalia e, além de problemas técnicos, vários astronautas disseram ter visto luzes estranhas e “estrelas cadentes” na região.
Loading...