15 de fev de 2016

Você sabe por que é que as bolachas de água e sal têm furinhos?



Muitos já devem ter se perguntado por que afinal as bolachas de água e sal tem furinhos?

Vocês podem pensar que é devido à estética da bolacha, fica mais bonitinho assim, mas não, na verdade o motivo é outro.

Qual o motivo? 

Antes de respondermos vamos conhecer um pouco da história da bolacha de água e sal. 

Ela foi criada em 1792 por John Pearson, em Massachusetts, que buscava uma opção de biscoito que durasse mais do que os convencionais para que os marinheiros pudessem levá-los em suas viagens, no entanto somente em 1876, depois que a Nabisco adquiriu a companhia de Bent que a bolacha foi lançada comercialmente. 

A receita inicialmente era uma massa de farinha e água, que eventualmente foi sendo aprimorada por um homem chamado Josiah Bent, também de Massachusetts, que transformou o biscoito no que conhecemos hoje. 

Os biscoitos só se tornaram um sucesso depois da grande depressão que atingiu os EUA, já que eram muito baratos e podiam ser misturados a outros alimentos para torná-los mais substanciais. 

Agora que sabemos um pouco sobre a famosa bolacha de água e sal, vamos a seguinte pergunta, para que serve os furos? 

Esses buraquinhos são indispensáveis, pois, sem eles, as bolachas não assariam corretamente.

Como assim?

Os furos permitem que o vapor escape durante o processo de cozimento, fazendo com que os biscoitos permaneçam achatados em vez de ficarem inchados devido ao ar tentando escapar. 

Além disso, também são os furinhos que fazem com que as bolachas fiquem mais crocantes. 

E sabiam que a disposição dos furos não é feita de maneira aleatória? Não? 

Não, pois a quantidade de furos depende da posição da bolacha, tamanho e formato, pois se tiver muitos furos e muito juntos resultariam em uma bolacha extremamente seca e mais dura, enquanto buraquinhos mais espaçados fariam surgir bolhas na superfície do biscoito, as quais não são muito desejáveis por esfarelar mais facilmente. 

Pelo jeito produzir as famosas bolachinhas não é nada fácil, não é a toa que fazem tanto sucesso. 

Para vocês terem uma ideia nos dias atuais, só nos EUA a venda de bolachas de água e sal gera um volume de US$ 10 bilhões ao ano.