3 de set de 2015

Há 10 anos que faz 34 km a pé todos os dias para ir trabalhar, mas agora recebeu uma ajuda preciosa!



James Robertson, de 56 anos, trabalha a 40 quilómetros de sua casa e não tem outra hipótese se não fazer 34 quilómetros a pé diariamente para ir trabalhar (13 na ida e 21 no regresso).

O carro que tinha avariou-se há 10 anos, e desde essa altura, o homem tem de fazer essa caminhada até à fábrica onde trabalha, aproveitando por vezes, mas raramente, as boleias que consegue.

Com o que ganha não consegue comprar e sustentar um carro nem comprar uma casa mais perto do lugar onde vive, por isso mudar-se está fora de hipóteses.

Todos os dias, Robertson sai de casa às 8h00 para começar a trabalhar às 14h00. Chega a casa sempre depois das 4h00. Uma vida que não lhe permite, sequer, ter uma noite descansada.

É nesse contexto que surge Evan Leedy, um estudante de Detroit que tomou conhecimento deste caso e ficou profundamente comovido.
Criou um fundo para ajudar James Robertson. Em apenas um dia angariaram 50 mil dólares e agora já conta com mais de 210 mil, um valor que não pára de crescer.

Leedy conseguiu também uma parceria com a Chervrolet e com a Honda. Ambas as marcas querem oferecer um carro a Robertson e, por isso, o dinheiro pode ser usado para uma casa, por exemplo.

“Vou ficar sempre em dívida para consigo. Nunca vou esquecer o que fez” disse Roberton a Leedy, quando se conheceram.