21 de jun de 2014

Esta mulher fez um anúncio procurando marido milionário, veja a resposta que recebeu!



A história que vamos contar se passou num fórum de internet dedicado às finanças.

Uma jovem viu uma boa oportunidade no chat de encontrar um marido milionário, pelo que deixou uma mensagem que dizia o seguinte:

“Sou uma jobem bonita (eu diria que muito bonita!) de 25 anos, com formação e muita classe. 
Quero casar com alguém que ganhe no mínimo meio milhão de dólares por ano. 

Há por acaso nesse fórum algum homem que ganhe 500 mil dólares ou mais. Quem sabe as esposas dos que recebem essa quantia possam me dar alguns conselhos. Já namorei homens que ganham de 200 a 250 mil mas não consigo passar disso. E 250 mil dólares por ano não vão me fazer viver em Central Park West. 

Conheço uma mulher na minha aula de ioga que se casou comum banqueiro e vive em Tribeca. Ela nem é tão bonita como eu. Afinal, o que ela tem que eu não tenho? Como posso chegar ao mesmo nível dela?

Rafaela S.

Muita gente leu a mensagem dela, mas ninguém sabia o que dizer perante tão inusitado pedido de uma jovem aparentemente bela.

Mas eis que um milionário de verdade respondeu à mensagem da jovem com uma resposta que vai te fazer rir por muito tempo.

“Li sua solicitação com grande interesse, pensei cuidadosamente no seu caso e fiz uma análise da situação.

Primeiramente, eu ganho mais de 500 mil dólares, portanto, não estou fazendo você perder tempo. Posto isso, eu coloco os fatos da seguinte forma:

Visto pela perspectiva de um homem como o que você procura, esse é simplesmente um péssimo negócio.
Falando francamente, o que você propõe é um simples negócio. Você entraria com a beleza e eu, com o dinheiro. Proposta clara, sem mais delongas. 

Mas há um problema: com certeza, sua beleza irá decair e um dia ela irá terminar. O mais provável é que meu dinheiro continue crescendo. Em termos econômicos, você é um ativo que sofre desvalorização e eu sou um ativo que rende dividendos. 

Você não apenas desvaloriza como a sua desvalorização é progressiva. Aumenta sempre. Você é linda hoje, aos 25 anos, e vai continuar linda durante os próximos 5 ou dez anos, mas sempre um pouco menos a cada ano. 

O que isto quer dizer: que você está na época ideal para ser vendida e não comprada. Usando a linguagem de Wall Street, você está numa posição de ‘trading position’ (posição para comercializar) e não em ‘buy and hold’ (compre e retenha). 

Portanto, falando em termos estritamente comerciais, o casamento (que é um ‘buy and hold’)com você não é um bom negócio a médio ou longo prazo. Mas o aluguel pode ser pode ser um negócio razoável que podemos discutir. 

Eu penso que, com um certificado desses de ‘bem formada, com classe e maravilhosamente linda’, eu, um provável futuro locatário, quero o que é a prática habitual. Fazer uma prova, ou seja, um ‘test drive’ para concretizar a operação. 

Resumindo, como comprar-la é um mau negócio, visto sua desvalorização decrescente, eu proponho um aluguel pelo tempo em que o material esteja em boas condições de utilização. 

Esperando sua resposta, me despeço cordialmente
Um milionário que por coisas dessas se tornou milionário!